Quinta, 10 Agosto 2017 15:48

Curatorium do CRESCO: a Congregação que cuida de seus filhos jovens irmãos

Escrito por  Inspetoria Salesiana de São Paulo
Classifique este artigo
(0 votos)

Dias 7 a 9 de agosto, o padre Edson Donizetti Castilho, inspetor salesiano de São Paulo, participou da reunião do Curatorium do CRESCO (Centro Regional do Salesiano Coadjutor), em Guatemala. O Curatorium é uma reunião de acompanhamento e aprofundamento das fases formativas saleisanas. No caso da Guatemala a atividade abrange salesianos coadjutores em formação ou, como são conhecidos no Brasil, salesianos irmãos.

 

Participaram da reunião todos os formadores e formandos do CRESCO, além dos dois conselheiros regionais (padre Natale Vitali, da Região Cone Sul e Timothy Ploch, da Região Interamérica) e vários inspetores da América: padre Javier Ortiz (Bolivia), padre Gabino Hernández (México/Cidade do México), padre Hugo Orozco (México/Guadalajara), padre Nestor Ledesma (Paraguai), padre Nestor Castell (Uruguai), padre Angel Prado (Centro América) e representantes delegados das inspetorias de Argentina/Norte (padre Carlos Romero), Equador (padre Robert Garcia), Brasil/Campo Grande (padre Osmar Orotides Rezende) e Uruguai (irmão Adrián Guerrero).

 

Entre os objetivos do Curatorium estão ouvir os formadores e formandos sobre a experiência que estão vivendo a partir das quatro dimensões fundamentais da proposta formativa (humana, intelectual, espiritual e pastoral/apostólica); rever/avaliar o andamento/operacionalização do Projeto Formativo do CRESCO; analisar os aspectos administrativo-financeiros relativos a essa experiência de formação específica para salesianos irmãos; aprovar o orçamento para o próximo ano; e oferecer deliberações/recomendações formativas para serem vivenciadas até a próxima reunião.

 

A reunião transcorreu num clima de familiaridade salesiana, liberdade e amor à Congregação. Os dois jovens salesianos irmãos da Inspetoria de Nossa Senhora Auxiliadora (São Paulo), Thiago José Ribeiro e Eduardo Toledo de Melo, aproveitaram muito a experiência de formação específica pós-tirocínio atuada pelo CRESCO.

 

Fonte: Inspetoria Salesiana de São Paulo

 

Lido 32 vezes

Deixe um comentário