Quarta, 28 Junho 2017 15:04

Mães que oram pelos filhos

Escrito por  Ir. Quitéria Rosa -BRE
Classifique este artigo
(0 votos)

No dia 23 de junho, em Teotônio Vilela, AL, irmã Quitéria Rosa dinamizou um momento mariano com o grupo Mães Que Oram Pelos Filhos na paróquia Nossa Senhora de Guadalupe. O grupo foi iniciado por Cícera Maria Correia de Oliveira e mais três senhoras há dois anos, e hoje é formado por aproximadamente 60 mães inspiradas no lema “Quem é humilde obedece! Quem obedece vive a unidade!”. O objetivo do grupo é cuidar da vida espiritual das famílias e uma das orações principais é a récita do rosário na intenção dos filhos. Essas mães, diariamente, a exemplo de Maria, se colocam a serviço do Reino de Deus.

 

Em outubro de 2016, irmã Quitéria, filha dessa comunidade, foi convidada a falar sobre Nossa Senhora na vida de Dom Bosco e Madre Mazzarello. Na ocasião, por parte das integrantes, brotou o carinho pelo título Auxiliadora dos Cristãos, acolhendo-a como patrona. Este ano, no dia da solenidade do Sagrado Coração de Jesus, 23 de junho, irmã Quitéria fez uma visita à comunidade e, em nome da Inspetoria Maria Auxiliadora, entregou ao grupo uma imagem de Nossa Senhora Auxiliadora.

 

“Senti no coração que deveria rezar pelos filhos, iniciei na minha comunidade com mais três mães, depois senti que deveria ir à igreja rezar com as mães sofridas e desejosas de aprender a rezar o terço e conhecer o poder da intercessão de Nossa Senhora. Hoje nosso grupo está caminhando sob o auxílio da Mãe Auxiliadora. Estou feliz porque não foi um desejo humano que veio ao meu coração, foi Deus. A confirmação veio através das irmãs salesianas que nos presentearam com uma belíssima imagem. Só temos que agradecer“, afirmou Cícera Maria.

 

“Foi uma emoção grande receber este lindo presente enviado pelas irmãs salesianas. Com este delicado gesto, confirmamos o que Nossa Senhora pede a cada uma: ao ouvir a história de mais um título, entregar-se a Jesus por meio dela”, completou Josiane Guilherme.   

Lido 1590 vezes

Deixe um comentário