Segunda, 17 Outubro 2016 17:22

Salesianos de Turim acolhem menores desacompanhados

Escrito por  InfoANS
Classifique este artigo
(0 votos)
Salesianos de Turim acolhem menores desacompanhados InfoANS

 Os salesianos de Turim (Itália) abriram mais um ambiente de acolhida comunitária para Menores Estrangeiros Desacompanhados (MSNA, sigla em italiano). A estrutura foi inaugurada em 8 de outubro, nos locais do Oratório Salesiano São Paulo, pelo superior dos salesianos da Itália–Piemonte-Vale d’Aosta, padre Enrico Stasi. A obra já vinha acolhendo seis MSNAs, mas dada a emergência do fenômeno migratório na Europa, a comunidade inteira desejou aumentar para 12 o número dos acolhidos.

 Os menores, 11 egípcios e um albanês, têm entre 14 a 17 anos: fugiram sozinhos ou perderam os familiares durante a viagem rumo à Itália e a maioria é  muçulmana. “Para nós as diferenças religiosas não preocupam, comentou o padre Stasi. Não construímos muros, mas pontes, ainda que em nossas obras a identidade cristã seja claríssima”.

 

Os rapazes foram confiados aos salesianos pela Secretaria de Menores da Cidade de Turim, no âmbito do projeto denominado ‘Casa que Acolhe’, que também contou com a colaboração da Fundação Caixa Econômica de Turim.  No total são 250 atualmente os MSNAs sob tutela da Prefeitura de Turim: desses, 30 foram confiados aos salesianos, que os acolhem  na Obra São Paulo, no Oratório São Luís  ou na obra do ‘Harambée’, de Casale.

 

Para todos foi estruturado um projeto de instrução escolar, de acordo com as escolas e centros de formação profissional salesianos; e de encaminhamento ao trabalho.

 

“Como Dom Bosco, procuramos acolher os jovens, sobretudo, os mais desvalidos”, comentou o padre Alberto Lagostina, diretor da obra.

 

InfoANS

 

 

 

 

 

Lido 323 vezes Modificado em Terça, 18 Outubro 2016 00:19

Deixe um comentário