Segunda, 03 Outubro 2016 16:25

“Entende-se melhor a realidade a partir das periferias..."

Escrito por  InfoANS
Classifique este artigo
(0 votos)
“Entende-se melhor a realidade a partir das periferias..." L'Osservatore Romano

 O sentido da visita do Papa Francisco à pequena comunidade católica do Azerbaijão,  apenas algumas centenas de pessoas, com um clero que não chega a 10 unidades, está explicito nas frases pronunciadas no avião durante o seu voo de volta ao Vaticano: “Estive ali para os católicos, para ir à periferia da comunidade católica (....). É realmente uma periferia, é pequenina. Disse que me fazia recordar a comunidade periférica de Jerusalém, a Igreja no Cenáculo, esperando pelo Espírito Santo (....). Eu disse que se entende melhor a realidade a partir das periferias e não do centro”.

 A atenção as periferias não é algo de se proclamar, mas viver e testemunhar: este é o porquê da visita a Baku, a essa pequena Igreja, que cresce e se enraíza lentamente, ao redor da comunidade salesiana, que desde 2001 é encarregada de animá-la.

 

A chegada do Papa ao centro salesiano e sua passagem pelo átrio da Igreja da Imaculada ficarão como uma recordação inesquecível para toda a comunidade local. Assim como as palavras pronunciadas por ele na homilia, sobre dois aspectos essenciais da vida cristã: “a fé e o serviço”. Dois aspectos que, como disse o Papa citando Santa Teresa de Calcutá, estão profundamente relacionadas: “O fruto da fé é o amor. O fruto do amor é o serviço. O fruto do serviço é a paz”.

 

Ainda depois da missa, logo antes de partir para outros compromissos oficiais do dia, o Santo Padre pôde testemunhar novamente sua proximidade de pastor ao pequeno rebanho azeri. Foi quando, ao final do Ângelus, reafirmou o significado da sua presença “para a pequena comunidade de 700 pessoas” e ofereceu o seu encorajamento com alguns conselhos práticos: “Somente duas coisas são necessárias: naquela comunidade (do Cenáculo) havia a Mãe, não esquecer-se da Mãe!, e havia a caridade, o amor fraterno, que o Espírito Santo derramou sobre eles. Coragem pois! Avante! ”Go ahead! Sem medo! Avante!”.

 

Uma grande injeção de confiança e entusiasmo, seguramente, para os Salesianos a serviço em Baku e a todos os cristãos no país.

 

InfoANS

 

 

 

Lido 523 vezes Modificado em Terça, 04 Outubro 2016 18:01

Deixe um comentário