Quinta, 12 Setembro 2013 17:24

Jovens oram pela paz na Síria

Escrito por  RSE Informa/ Nordeste Hoje/ InfoANS
Classifique este artigo
(0 votos)
Jovens oram pela paz na Síria RSE Informa

Em resposta ao apelo do Papa Francisco, algumas escolas e paróquias salesianas realizaram um momento de oração e reflexão pela paz na Síria. Uma dessas ações foi realizada na paróquia São João Bosco do Bongi, no Recife, Pernambuco, com a participação dos jovens que se uniram em adoração para rezar pela paz universal e principalmente pela população Síria, que sofre uma terrível guerra civil e está sob ameaça de uma ofensiva  militar estrangeira.


“Somos contra a guerra. O mal nunca poderá ser combatido e vencido com o uso do mal. O amor gera a paz. E buscamos no verdadeiro amor, Jesus Cristo, uma forma de poder ajudar, mesmo de tão longe. Nossos corações estão unidos aos daqueles que sofrem com a violência do próprio homem. Deus escuta os apelos dos seus filhos, quando são sinceros e desejam o bem. Nosso pedido: a paz na terra e entre os homens”, afirmaram os jovens que participaram da ação.

Os estudantes do Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré), na Bahia, também fizeram um momento de oração pela paz na Síria. Em um minuto de silêncio, todos os estudantes pararam suas atividades e, concentrados, suplicaram a Deus para que a guerra cesse. Educadores e pais que visitavam a escola foram movidos pelo gesto dos alunos a se unirem nessa corrente do bem. O gesto foi realizado no dia 6 de setembro, por volta das 8h, na véspera da convocação do Papa Francisco para o dia de jejum e oração, realizado no sábado, 7 de setembro. “Foi o momento mais emocionante em mais de 20 anos de escola”, afirmou a coordenadora pedagógica, Graça Macêdo.

Também no Recife, a situação na Síria foi lembrada no Colégio Salesiano Sagrado Coração, na sexta-feira, 6 de setembro. Na ocasião a escola preparou dois eventos que levaram os alunos a refletirem sobre a liberdade no Brasil e os momentos de guerras e mortes que várias partes do mundo vivem, tal como a guerra da Síria, que levou muitas famílias ao óbito.
 

Fora do Brasil

Na Argentina, no dia 7 de setembro, um grupo de jovens do Movimento Juvenil Salesiano (MJS) se reuniu na Capela do Colégio Dom Bosco a fim de compartilhar um momento de oração e reflexão pela paz na Síria. A atividade foi conduzida pelo padre Silvio Enrique Torres, vice-diretor da Obra. Nela tomaram parte igualmente os membros do grupo “Mallin” e dos Exploradores Dom Bosco.
 

A situação na Síria

A Guerra Civil da Síria é um conflito interno em andamento no país e que começou com uma série de grandes protestos populares em 26 de janeiro de 2011, desencadeando-se em uma revolta armada em 15 de março de 2011.
 

Enquanto a oposição alega estar lutando para retirar o presidente Bashar al-Assad do poder para posteriormente instalar uma nova liderança mais democrática no país, o governo sírio diz estar apenas combatendo “terroristas”.
 

Após um lamentável ataque contra civis, que utilizou armas químicas, atribuído ao governo sírio, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que iria intervir militarmente no país, esperando apenas um apoio do congresso dos Estados Unidos. A Rússia, em uma tentativa de evitar a intervenção militar norte-americana, enviou aos Estados Unidos uma proposta de remoção das armas químicas na Síria sem a necessidade de ataque militar.

A comunidade internacional aguarda pelos desdobramentos da situação.

 

Papa denuncia interesses escusos e clama por paz 

O Papa Francisco reafirmou sua oposição à ação militar na Síria em missa celebrada no dia 8 de setembro, ao ar livre, na Praça São Pedro.
 

Durante a homilia, ele denunciou as “guerras comerciais para vender armas” e a “proliferação de armamentos” no mundo. O Santo Padre pediu aos dirigentes “uma solução justa para o conflito fratricida” na Síria. Para o Papa, o mal, as armas, a guerra, são inimigos que “devem ser combatidos com união e coerência, não seguindo outros interesses que não sejam a paz e o bem comum”.
 

“Sigamos em frente com orações e trabalhando pela paz. Continuem a rezar para que a violência cesse imediatamente na Síria”, concluiu.
 

RSE Informa/ Nordeste Hoje

Lido 1479 vezes Modificado em Quinta, 12 Setembro 2013 18:56

Deixe um comentário