Ao longo deste ano, todas as grandes celebrações da Igreja Católica são ocasiões oportunas para o aprofundamento do tema da misericórdia. Dentre os eventos em âmbito mundial, temos a XXXI Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá no mês de julho em Cracóvia, na Polônia.

Olhos verdes, rara simpatia, constante disponibilidade, talento precoce. “Aos 8 anos, já tinha uma habilidade fora do comum, uma 'fome' imensa de bola e um espírito agregador impressionante”. Shirlei Gastão, ex-professora do Instituto São José - Salesiano em Resende, no interior do Rio de Janeiro, se refere a uma antiga aluna, que ainda criança já se mostrava diferenciada quando o assunto era esporte. E de destaque na escola, ela avançaria até se tornar a melhor do mundo. O nome? Maria Elisa Ticon Antonelli Mendes, uma das principais jogadoras brasileiras de vôlei de praia.

“Foi muito importante o tempo que eu passei no Liceu Salesiano e a educação que eu recebi para encarar a vida do jeito que eu encaro hoje.” É o que afirma Fabiana Murer, atleta campeã mundial da modalidade salto com vara e ex-aluna do Liceu Nossa Senhora Auxiliadora, de Campinas, SP. Fabiana representou o atletismo brasileiro em duas Olimpíadas: a de Pequim, em 2008, e a de Londres, em 2012. Coleciona muitas vitórias, entre as quais o primeiro lugar no Mundial de Daegu/2011 e o segundo lugar no Mundial de Pequim/2015. Em ambos, saltou incríveis 4,85 metros, o recorde sul-americano. Nesta entrevista ao Boletim Salesiano, ela fala sobre os tempos de escola, o seu início no atletismo e a importância dos esportes na vida e na realização de sonhos.

Os Símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora, chegaram ao Brasil no dia 18 de setembro de 2011. Começou por São Paulo o seu peregrinar pelas dioceses desse imenso país. A Igreja do Brasil quis ser solidária e também levou os Símbolos pelas dioceses do Paraguai e do Uruguai.

Quarta, 18 Maio 2016 00:05

Jovem promove aniversário solidário

Escrito por

Com a criação de uma troça carnavalesca, o jovem Victor Arruda comemorou seu aniversário incentivando a ajuda solidária à Obra de Defesa da Infância Pobre (ODIP), das FMA em Gravatá.

Quarta, 18 Maio 2016 00:01

Para recuperar o coração oratoriano

Escrito por

“Para nós, salesianas e salesianos, o coração oratoriano não é somente um local, como o oratório físico ou o centro juvenil. É a paixão de Dom Bosco”, afirma irmã Runita Borja, coordenadora para a Pastoral Juvenil no Instituto das FMA.

Pagina 9 de 23

Receba nossa Newsletter

Busque por data

« Outubro 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Comentários