A Semana Missionária, projeto realizado pela Pastoral Juvenil Salesiana de São Paulo durante o mês de julho, teve um detalhe importante desconhecido até agora para muitos. Entre os mais de mil jovens missionários que atuaram em seis cidades, quatro deles foram os primeiros representantes do Lar Juvenil São Domingos Sávio, de Araraquara, SP.

 

O Papa Francisco enviou uma carta aos jovens brasileiros participantes do projeto Rota 300, que encerrou dia 29 julho com uma grande festa no Santuário Nacional de Aparecida, SP. A iniciativa celebrou os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, no Rio Paraíba do Sul, SP. No texto, Francisco diz que Maria é um sinal de esperança e que conhece os desafios vividos pelos jovens. Além disso, o Papa estimula a juventude a seguir com o espírito missionário.

Leia a seguir a carta na íntegra.

 

Um dos temas mais significativos apresentado e debatido no Encontro Mundial dos Delegados de Pastoral Juvenil Salesiana foi a necessidade do cultivo da “inteligência pastoral” no processo de animação e governo da missão salesiana que nos pede “evangelizar educando e educar evangelizando”.

 

A expressão “inteligência pastoral” aparece na nova edição do Quadro Referencial da Pastoral Juvenil Salesiana (QRPJS, 2014, p. 124 e 258). A primeira vez, quando se fala dos desafios e atitudes fundamentais do educador salesiano no processo de dinamizar o PEPS da obra.

 

“A vida pode ser muito mais simples do que esperávamos. A certeza de um sorriso puro, um olhar profundo e uma mão acolhedora me levam a contemplar Deus, tão pequeno e ao mesmo tempo tão grande. Divino, mas profundamente humano”. Essas palavras ditas pelo padre Ademir Oliveira, pró-reitor da Pastoral Universitária, definem os dez dias vividos por ele e por um grupo de aproximadamente 20 alunos do Unisalesiano de Araçatuba e Lins, SP, na aldeia de São Marcos, no Mato Grosso.

 

Nove jovens provenientes dos Estados do Amazonas e Pará foram enviados às obras salesianas da Inspetoria São Domingos Sávio para uma experiência de voluntariado vocacional. Com idades entre 19 e 31 anos, os jovens após fazerem um pedido formal, passarão seis meses nas obras conhecendo e trabalhando junto aos Salesianos. Ao final do período serão avaliados pelas comunidades a que foram designados e, se continuarem, farão no próximo ano, no Centro Salesiano de Formação – CESAF, em Manaus, o pré-noviciado.

 

A Semana Missionária, projeto da Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana de Nossa Senhora Auxiliadora, Estado de São Paulo, começou neste sábado, 15, e tem recorde de participantes. Mais de mil jovens provenientes de obras sociais, escolas, ensino superior e paróquias salesianas, além dos vocacionados salesianos, atuarão como missionários até o dia 23.

 

Pagina 3 de 24