Terça, 09 Janeiro 2018 14:26

A Pastoral Afro-brasileira da CNBB vai realizar de 18 a 21 de janeiro, em Maringá, PR, o IX Congresso Nacional das Entidades do movimento negro congênere. Para dom Zanoni Demettino Castro, arcebispo de Feira de Santana, BA, e bispo referencial da Pastoral Afro-brasileira, o IX Conenc se realiza no momento em que os afrodescendentes “emergem agora na sociedade”, “assumindo uma atitude mais protagonista”, conscientes do poder que têm nas mãos e da possibilidade de contribuírem na construção de uma nova sociedade, justa e solidária (Aparecida 75). Somos chamados a reinterpretar a história da salvação na perspectiva do Senhor libertador, que ouviu o clamor do seu povo e desceu para libertá-lo, que exalta os humilhados e derruba os poderosos de seus tronos, realçando a presença do povo negro e o seu protagonismo na construção do novo mundo de paz e de justiça.

 

Quarta, 19 Julho 2017 15:22

Com o tema “Articular a Palavra de Deus e os documentos da Igreja para apontar caminhos” e o lema “O Espírito do Senhor está sobre mim, para anunciar a libertação” (Lc 4, 18-19), será realizado nos dias 18 a 21 de janeiro de 2018, em Maringá, PR, o IX Congresso Nacional das Entidades Negras Católicas (IX CONENC). A preparação do encontro já começou, com a escolha dos dois participantes por região e o envio do subsídio de estudo, elaborado pela Pastoral Afro-brasileira.

“O CONENC é um espaço e um momento significativos de atuação, dentro da Pastoral Afro-brasileira da CNBB. No IX CONENC serão oportunizadas as socializações de novos conhecimentos sobre a Pastoral e o intercâmbio de experiências significativas”, afirma dom Zanoni Demettino Castro, arcebispo Metropolitano de Feira de Santana e referencial da Pastoral Afro-brasileira.

 

Padre Jurandyr deixa a Pastoral Afro-brasileira

Após 14 anos de serviços à Pastoral Afro-brasileira da CNBB, o padre Jurandyr Azevedo Araujo, SDB, deixará a PAB, já que a sede foi transferida de Belo Horizonte, MG, para a Arquidiocese de São Paulo. Padre Jurandyr estará à frente de alguns eventos já iniciados, como o IX CONENC e a XXI Romaria das Comunidades Negras a Aparecida, a ser realizada dia 4 de novembro. Ele escreveu uma carta de despedida e agradecimento, que reproduzimos a seguir:

 

Quarta, 06 Abril 2016 15:05

 

 

 

 

O coordenador nacional da Pastoral Afro-brasileira, padre Jurandyr Azevedo Araujo, salesiano da Inspetoria São João Bosco, orientou uma reunião da Pastoral Afro-brasileira de Sarandi, Mandaguari e Maringá, cidades do Paraná. O encontro foi organizado pelo coordenador arquidiocesano, padre Ivaldir Camaroti, e contou com uma equipe de 10 agentes das três cidades. A reunião foi realizada nos dias 2 e 3 de abril, no salão da Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Sarandi.

Terça, 12 Maio 2015 13:06

 

O calendário assinala, neste dia 13 de maio, os 127 anos da Assinatura da Lei Áurea que declarou extinta legalmente qualquer forma de trabalho escravo. Foi um fato marcante para o Brasil, mas que exige um complemento, pois a abolição da escravatura é uma obra inconclusa, condição atribuída às precárias condições de vida da população negra. A lembrança desta data traz para a nação brasileira a oportunidade de renovar o compromisso de solidariedade para com a população Afro-brasileira, majoritariamente vivendo em condições de pobreza e miséria. A escravidão e a discriminação racial contribuem para a situação de degradação social.

Segunda, 02 Março 2015 17:43

Com o intuito de homenagear as mulheres - em especial as mulheres negras, a Pastoral Afro-brasileira da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) preparou um texto que ressalta a força, garra e a coragem da mulher negra. A pastoral Afro-brasileira integra a Comissão Episcopal para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz e as demais Pastorais Sociais da CNBB. A valorização da cultura Afro-brasileira é um dos desafios da Pastoral Afro, que atua na defesa do patrimônio cultural e religioso da população negra.

Terça, 08 Outubro 2013 02:24

Animação missionária, direitos humanos e relações étnicos-raciais. Este será o tema de estudo do 3º Encontro de Formação Missionária para coordenadores de Conselhos Missionários Diocesanos e Paroquiais, os “Comidis” e “Comipas”. O evento, promovido pelo Conselho Missionário Nacional (CMN), será realizado em Brasília entre os dias 11 e 15 de novembro.

Segunda, 17 Junho 2013 15:03

 

A realização da Romaria das Comunidades Negras marca tradicionalmente o início das comemorações do mês da consciência negra para os agentes da pastoral afro-brasileira. Este ano a Romaria está em sua 17a. edição e terá o tema “Celebrar a vida com a Juventude no resgate da dignidade do Povo Negro” e o lema “Na ternura da Mãe Negra celebramos Negritude e Fé”.

 

A preparação para a Romaria ficou a cargo da Diocese de São Miguel Paulista, SP, e foi realizada na Paróquia de Cristo Ressuscitado (Cidade A. E. Carvalho) com as presenças das Paróquias de Nossa Senhora Aparecida, São Sebastião, João XXIII, Jesus Adolescente. Eram agentes de seis grupos da Pastoral Afro-brasileira da Diocese. Os trabalhos foram coordenados pelo Assessor Nacional da Pastoral Afro-brasileira da CNBB, padre Jurandyr Azevedo Araujo. “A Romaria é um momento de graça para todos os que têm a oportunidade dela participar”, afirmou padre Jurandyr.

 

A 17ª Romaria das Comunidades Negras será realizada no dia 9 de novembro, no Santuário Nacional de Aparecida, onde haverá a acolhida e o encontro dos diferentes organismos e pastorais que buscam assinalar uma data importante na missão que desenvolvem e escolhem a casa da Mãe Negra para celebrar este momento significativo.

 

CNBB

 

Outras notícias

Educadores se reúnem em Encontro Regional na dimensão étnico racial