Quinta, 25 Maio 2017 16:01

Na Guiné Equatorial, a ordenação episcopal do salesiano Miguel Ángel Nguema Bee

Escrito por  Info ANS
Classifique este artigo
(0 votos)

O dia 20 de maio de 2017 ficará na história como um marco fundamental para a história da Igreja na Guiné Equatorial. Em Mongomo, de fato, o cardeal Fernando Filoni, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, presidiu a solene concelebração eucarística em que ordenou três bispos e deu início a mais duas dioceses. Entre os três prelados ordenados está o salesiano Miguel Ángel Nguema Bee, que no dia 24 de maio, por ocasião da Festa de Maria Auxiliadora, tomou posse na Diocese de Ebebiyin.

O novo semblante da Igreja na Guiné Equatorial é fruto de uma “obra missionária encaminhada no passado por tantos corajosos evangelizadores que ali dedicaram a sua vida em prol do Evangelho e dos pobres”, e que objetiva “um ulterior e adequado desenvolvimento da Igreja no país”, assinalou o cardeal Filoni em sua homilia na missa de ordenação episcopal, concelebrada também por diversos bispos de países vizinhos e pelo núncio apostólico no país africano. Estiveram presentes na celebração o presidente da República e numerosas autoridades.

 

O purpurado exortou a seguir os três candidatos ao Episcopado a serem “homens corajosos e autênticas testemunhas da fé”; convidou também a todos os presentes a amar os próprios bispos e sacerdotes, “não porque sejam perfeitos mas porque o Senhor os destinou ao serviço dos fiéis”.

 

O prefeito do Dicastério Missionário teve ocasião de dedicar-se de maneira mais específica ao salesiano dom Nguema Bee e aos fiéis a ele confiados, na missa de posse, celebrada em Ebebiyin. “Dom Miguel começa o seu ministério na Diocese que já existe há 35 anos, mas que, devido à criação da nova Diocese de Mongomo, terá um território e um presbitério mais reduzido. Isso poderá facilitar ao novo pastor de dispor de mais tempo às vossas necessidades, o que também implica uma necessária e maior colaboração de vossa parte”, afirmou.

 

Em seguida, a partir da liturgia do dia, convidou a não desanimar quando parecer que os resultados do próprio trabalho tardam a chegar; antes, exortou a persistir e “ir para a frente, com generosidade, na obra da evangelização, na proclamação da Palavra de Deus, na ajuda aos pobres e necessitados e (…) também no deslocar-se para os lugares mais impérvios e de marginalização”.

 

Encerrou confiando a Maria a Igreja de Ebebiyin e os inícios do ministério episcopal do novo bispo salesiano, dom Nguema Bee.

Fonte: Info ANS

Lido 171 vezes

Deixe um comentário