Dom Bosco afirmava que “uma casa salesiana sem música é como um corpo sem alma”. Nessa sintonia, o Colégio Salesiano Região Oceânica de Niterói, RJ oferece a seus alunos aulas de musicalização de coral e flauta. O projeto extracurricular conta com a coordenação da professora Alexandra Seabra. Nesta entrevista, realizada pelo departamento de comunicação da escola, a educadora conta um pouco de sua experiência e das atividades promovidas na escola.

Terça, 08 Novembro 2016 12:41

Educar é obra do coração

Escrito por

“Educação é coisa do coração”. Essa frase de Dom Bosco, muito conhecida entre todos os que partilham do carisma salesiano, resume bem a vocação de todos os educadores salesianos. São pessoas que abraçaram o legado de Dom Bosco e ainda hoje buscam formar “bons cristãos e honestos cidadãos”, seja nas salas de aula, nos pátios salesianos ou nos centros de formação profissional. Mas, há mais de 150 anos da criação do Sistema Preventivo de Dom Bosco, quais são os principais desafios dos profissionais da educação de hoje? Como eles educam em um mundo onde o processo de ensino-aprendizagem sofre transformações constantes em decorrência das tecnologias? O que pensam e sentem essas pessoas que não escolheram, mas sim foram escolhidas pela profissão de professor?

Elaborada com ampla participação de diretores, coordenadores, orientadores e alunos da Rede Salesiana de Escolas (RSE), a plataforma ajudará estudantes do ensino médio, educadores e pais no processo de aprendizagem e gestão pedagógica.

O blog da professora Conceição Fontolan, que leciona Geografia no Colégio Salesiano Itajaí, em Santa Catarina, alcançou a incrível marca dos 10 milhões de acessos. Constantemente atualizada, a página Geo Conceição (http://geoconceicao.blogspot.com.br/) tem conteúdos de Geografia, informações sobre planejamento cooperativo, atualidades, dicas temáticas, plano de aula e trabalhos realizados por alunos da Rede Salesiana de Escolas.

Quinta, 13 Outubro 2016 13:38

Pokémon Go inspira projetos em escolas

Escrito por

O jogo Pokémon Go virou mania entre crianças e adolescentes. Aproveitando o entusiasmo dos jovens com o jogo, dois projetos realizados em unidades da Rede Salesiana de Escolas (RSE) desenvolvem a criatividade e o aprendizado dos alunos.

Atualmente, as crianças e os adolescentes têm um amplo acesso à informação: tudo está disponível, a qualquer hora, na internet, na televisão, nas redes sociais, nos conteúdos compartilhados por smartphones ou computadores. Isso traz, para muitos pais e educadores, uma questão fundamental: qual é o papel da escola hoje em dia? Ou mais que isso: qual é a escola necessária para a educação das crianças e dos jovens de hoje?

Dois projetos em escolas salesianas desenvolvem a consciência crítica, estimulam a participação cidadã e mostram que atuar politicamente vai muito além de votar.

Idealizado no Colégio Salesiano São Domingos Sávio, no Núcleo Bandeirante, DF, pela bibliotecária Michele Britto, o Bibliojunior estimula os alunos a se tornarem incentivadores da leitura.

Sexta, 02 Setembro 2016 16:55

Passo e compasso salesiano

Escrito por

Resgatar a expressão da alegria é um desafio dos ambientes salesianos, dos “pátios” criados por Dom Bosco há quase 200 anos.

O Colégio Salesiano Santa Rosa em Niterói, RJ, renovou seu “entusiasmo diante da vida” por meio do protagonismo dos alunos do 9º ano do ensino fundamental II, que formam a “Sociedade dos Jovens Salesianos”. O grupo foi criado para a realização de um projeto interdisciplinar do colégio e, pelo segundo ano consecutivo, superou as expectativas, refletindo perfeitamente o compromisso de formar “bons cristãos e honestos cidadãos”.

Pagina 5 de 18