Terça, 18 Julho 2017 15:42

Missionários da esperança e da alegria!

Escrito por 
Classifique este artigo
(0 votos)

A Família Salesiana herdou de Dom Bosco um ideal de educação, sintetizado na fórmula: “bons cristãos e honestos cidadãos”. Quando ele iniciou sua grande obra percebeu, lendo os sinais dos tempos, que não bastava dar somente instrução religiosa para os jovens, formando o bom cristão. Precisava ir além, formar integralmente o jovem para que pudesse assumir na sociedade o lugar que lhe pertence como pessoa humana e como honrado cidadão. Deste modo a Família Salesiana sempre se preocupou com o binômio bom cristão e honesto cidadão.

 

O Boletim Salesiano, como uma Obra de Dom Bosco, também se coloca na missão de divulgar, do ponto de vista comunicativo, a educação salesiana. Nas páginas a seguir, o leitor encontrará muitos artigos que refletem esta dimensão importante da vida humana. Alguns dos escritos abordados na revista refletem o ideal salesiano: quem são os responsáveis pela educação? O tema é descrito em dois artigos. Pais, professores, Igreja e sociedade devem se unir para darem condições favoráveis à formação das novas gerações. A Família Salesiana oferece como diferencial a criação de uma prática comunicacional. A comunicação é uma dimensão carismática salesiana, que expressa com muita clareza o estilo de educação e comunicação que acontece nos ambientes salesianos, sejam escolas, obras sociais, paróquias ou outros ainda, em forma de educomunicação.

No emaranhado do mundo moderno, o jovem encontra, certamente, dificuldades para colocar a própria vida em ordem. Assim, é importante ajudá-lo a descobrir a própria vocação e como elaborar um projeto pessoal de vida que contribua para o autoconhecimento, a verificar tendências, talentos. Deus chama através das mediações humanas e cada um deverá descobrir o que Deus quer que se faça com a própria vida. Neste processo, com certeza é muito importante a presença de “adultos significativos”, que ajudem o jovem a interessar-se por Jesus Cristo vivenciando uma constante experiência pessoal de amor por Ele e pelo Reino de Deus, através do discipulado e do apostolado. Isso transforma a Pastoral Juvenil Salesiana em promotora de uma pastoral orgânica e articulada.

O “espírito salesiano” foi vivido intensamente por Dom Bosco e por Madre Mazzarello na educação, na comunicação social e no ideal missionário que atravessou os oceanos e se espalhou pelo mundo todo. Há 140 anos as Filhas de Maria Auxiliadora partiram de Mornese para a América do Sul, vindo para o Uruguai e trazendo no coração o ardor de viverem como missionárias da esperança e da alegria. Congratulando-nos com esse evento, fazemos votos que o espírito salesiano continue a nos estimular em nosso trabalho em prol dos jovens e das jovens com o mesmo ardor vivido pelos nossos santos fundadores. 

Lido 1435 vezes Modificado em Quinta, 10 Agosto 2017 00:15

Deixe um comentário