Jose Augusto Abreu Aguiar

Jose Augusto Abreu Aguiar

Professor da Rede Salesiana de Escolas, no Instituto Nossa Senhora da Glória, em Macaé, RJ.

Terça, 24 Janeiro 2017 18:24

Para Dom Bosco, todo jovem possuía um ponto sensível para o bem, o que definia para o educador/formador o dever de descobrir esse ponto, essa corda do coração e aproveitá-la.

Segunda, 21 Setembro 2015 12:39

A Assistência para Dom Bosco representava o coração do sistema preventivo, o seu elemento vital. Não haveria sistema preventivo quando o seu coração deixasse de pulsar, isto é, quando houvesse “déficit” da assistência. Ela é o modo de educação de Dom Bosco, a verdadeira síntese da genialidade de seu sistema, é uma antecipada resposta ao princípio contemporâneo da “personalização” na relação educativa.

Terça, 17 Março 2015 02:06

“A autorrealização é fundamento para que o jovem possa ir definindo sua identidade, seu projeto de vida. O jovem precisa da orientação de um educador, de alguém que possa acompanhá-lo e ajudá-lo em suas próprias opções fundamentais.”

Terça, 10 Fevereiro 2015 19:43

A ação humana deve sempre significar algo propositado, consciente e voltado à realização de determinados fins e/ou intenções. Essa constatação é essencial para a compreensão das ações de Dom Bosco na constante busca de uma juventude capaz de desempenhar as funções de agente da história e de partícipe da glória. Sendo assim, é meu propósito analisar, com o presente artigo, a incrível aproximação entre as ações de Dom Bosco, a partir de sua opção por um trabalho identificado com a juventude, com as ideias de Emmanuel Mournier, com a Filosofia Personalista.

Terça, 16 Setembro 2014 00:20

O conceito de preventividade na época de Dom Bosco e em sua obra deve ser compreendido observando dois elementos complementares: o caráter protetor e o caráter construtivo.

Terça, 08 Julho 2014 14:27

Hoje, mais do que nunca, sabemos que existem “gritos” expressivos dos jovens exigindo participação, autonomia e cidadania, enfim, protagonismo. Porém, o que está em jogo é a questão de como consolidá-los, fazê-los ecoar no coração e na mente dos jovens.

Quarta, 11 Junho 2014 15:58

A experiência de Dom Bosco, desde a sua origem até os dias atuais, com algumas adequações aos tempos e lugares, possui uma vocação específica pela juventude como destinatária de sua práxis educativa.

Segunda, 05 Maio 2014 23:45

“Ganhai o coração dos jovens por meio do amor” (Dom Bosco).

 

Apesar de ter nascido na zona rural, em uma família muito pobre, Dom Bosco sempre foi uma pessoa antenada com o seu tempo e capaz de perceber o mundo com uma competência ímpar. Até o ano de 1835, Dom Bosco passou por momentos difíceis para estudar e conseguir ingressar no seminário. Seu irmão Antonio não queria que ele estudasse, sua mãe, Margarida Occhiena, viúva, vivia e sustentava os filhos com sérias dificuldades.