Terça, 03 Outubro 2017 15:18

Papa Francisco continua causando muita dor de cabeça, sobretudo nos clérigos, leigos e leigas que se apegaram à lei. Bem diria São Paulo: Ó insensatos filhos da Igreja por que recusais a Francisco? A insensatez de muitos na Igreja chega a doer na alma. Depois da renúncia de Bento XVI, que muitos também não aceitaram, acusando-o de ter descido da cruz, as tempestades contra a barca de Pedro continuaram. Desde a nomeação de Francisco os corações de ultraconservadores palpitam sem cessar.

 

Quinta, 11 Agosto 2016 17:11

Está à venda desde quarta-feira, 10 de agosto, a medalha oficial do quarto ano de Pontificado do Papa Francisco.

Quinta, 13 Março 2014 16:58

Nesta quinta-feira, 13 de março, celebrou-se o primeiro aniversário do Pontificado do Papa Francisco. O tempo inteiro, cheio de boas ideias e bons exemplos para todos, mas especialmente para aqueles que dedicam a vida para a salvação da juventude.

Terça, 11 Março 2014 19:57

Completa-se o primeiro ano de Pontificado do papa Francisco. A fumaça branca da Capela Sistina, na noite chuvosa e fria de 13 de março de 2013, preparou a multidão ansiosa da praça de São Pedro uma bela surpresa: o novo Bispo de Roma e Sucessor do apóstolo Pedro, colocado no centro da Igreja Católica, era um cardeal que vinha “quase do fim do mundo”! Jorge Mário Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires, que escolheu para si o nome de Francisco.

Quinta, 28 Fevereiro 2013 18:24

Nesta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, fecha-se oficialmente o pontificado de Bento XVI. Para saudar o Santo Padre, a Agência Info Salesiana coletou as ocasiões em que Joseph Ratzinger, como Romano Pontífice, visitou obras, casas ou ambientes salesianos animados pelos filhos de Dom Bosco.

 

A primeira visita de Bento XVI a uma casa salesiana ocorreu em julho de 2005, durante o seu primeiro ano de pontificado. Herdando uma tradição já iniciada por João Paulo II, o Santo Padre passou uma média de 20 dias entre os Alpes ‘valdostanos’, na Itália, hóspede da casa salesiana de Les Combes. Foi exatamente no retiro valdostano, à vista do Monte Branco e nos longos passeios por entre os bosques, que o Papa começou a elaborar a sua primeira encíclica “Deus Caritas Est”. O papa retornou à casa salesiana de Les Combes para passar as férias de 2006 e 2009.

 

Como bispo de Roma, Bento XVI esteve com os salesianos pela primeira vez no dia 24 de fevereiro de 2008, III Domingo da Quaresma, quando visitou a paróquia salesiana “Santa Maria Liberatice”, no popular bairro romano do Testaccio. A visita pastoral celebrava o centenário da inauguração e consagração da Igreja, ocorrida em 29 de novembro de 1908. Na ocasião, o Papa recordou também um dos párocos históricos daquela comunidade, o venerável Dom Luigi Maria Olivares, SDB, e convidou toda a comunidade paroquial “a perseverar no empenho educativo que constitui o carisma típico de toda paróquia salesiana”.

 

No ano seguinte, em 2009, ao longo da viagem apostólica a Camarões e a Angola, Bento XVI celebrou uma missa na paróquia salesiana São Paulo, de Luanda, no dia 21 de março. A celebração era dirigida especialmente ao clero, aos religiosos, aos catequistas e aos representantes de movimentos eclesiais de Angola e de São Tomé. A cerca de 3000 pessoas o Papa, com profunda humildade disse: “Seja-me permitida enfim uma palavra particular de saudação aos salesianos e aos fiéis desta Paróquia de São Paulo que nos acolhem na sua igreja, não tendo para isso hesitado em ceder-nos o lugar que habitualmente lhes cabe na assembleia litúrgica. Soube que se reuniram no campo adjacente e espero, no fim desta Eucaristia, vê-los e abençoá-los, mas desde já lhes digo: Muito obrigado! Deus suscite entre vós e por vós, muitos apóstolos que sigam as pegadas do vosso Padroeiro”.

 

Em sua viagem apostólica a Benin, na África Ocidental, no final de 2011, Bento XVI, embora não estando em visita a nenhum ambiente salesiano, pôde de certo modo beneficiar-se das atenções salesianas: a cama usada pelo Papa naqueles dias fora feita pelos jovens aprendizes da obra salesiana de Porto Novo. Por outro lado na cozinha da Nunciatura Apostólica, onde o Papa se alojou, trabalhavam as Filhas de Maria Auxiliadora  (FMA) e suas alunas.

 

A essas ocasiões, se acrescentam também as numerosas Santas Missas celebradas pelo Papa na Paróquia Santo Tomás de Vilanova, de Castel Gandolfo, por ocasião da Solenidade da Assunção de Maria SS. A missa na paróquia, animada pelos filhos de Dom Bosco desde os tempos do Papa Pio XI, foi um encontro no qual Bento XVI se mostrou muito fiel nos seus anos de pontificado (fidelidade só quebrada por alguma viagem a outras regiões do mundo).

 

InfoANS