Terça, 28 Outubro 2014 14:22

Educadores do 'Vêm-Crê-Ser' criam oficina de circo

Escrito por  Vanusa Santos – Paradigma Assessoria de Comunicação
Classifique este artigo
(0 votos)

Resgatando a história de Dom Bosco, educadores do Vem-Crê-Ser/CCA Pinheiros, projeto mantido no Centro Juvenil Salesiano Dom Bosco do Alto da Lapa, em São Paulo, perceberam a presença da arte circense em suas mágicas e acrobacias para evangelizar. Ainda criança, Dom Bosco dava aulas de catecismo para seus amigos e, para atraí-los mais facilmente, aprendeu a fazer mágicas e dar espetáculos de circo: "Hoje tem brincadeira? Tem, sim senhor!".


Baseada nesse histórico, a educadora Edina Cristina Andrade iniciou a oficina de circo no início deste semestre e, desde a implantação, houve grande aceitação por parte das crianças e adolescentes. "A cada dia que passa percebemos vários artistas se despertando para o encanto do circo, seus malabares e acrobacias", ressalta Patrícia Lima, assistente técnica. "Desde o início do projeto o desenvolvimento das crianças é notável e bem significativo. O pátio no Centro Juvenil Salesiano foi transformado em picadeiro, onde as crianças e educadores transformam seus sonhos mais malucos em realidade".
 

Durante as oficinas, as crianças constroem bolinhas, aros de malabares e também o 'swing poi' (instrumento de malabarismo) que dá um colorido especial em todas as apresentações. Segundo Edina, a idealizadora da oficina de circo no Vem-Crê-Ser, a maior recompensa na oficina de circo é o sorriso que surge assim que a criança consegue equilibrar um prato, fazer uma cambalhota, uma "estrelinha" e uma "ponte" bem feitas". "Esses feitos surgem depois de muito esforço, treino e trabalho em equipe", enfatiza. "Com esse trabalho quero despertar a alegria e o brilho de cada educando, além do desenvolvimento de suas competências e habilidades por meio da magia desta arte".
 

Vanusa Santos – Paradigma Assessoria de Comunicação

Lido 1379 vezes Modificado em Quarta, 29 Outubro 2014 17:52

Deixe um comentário