Terça, 06 Agosto 2013 14:19

JMJ Rio2013 injeta R$ 1,8 bi no Rio, segundo estudo

Escrito por  JMJ Rio2013
Classifique este artigo
(0 votos)

Além de um legado de fé e esperança, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013) trouxe um impacto financeiro positivo para o Rio de Janeiro. Um grupo de pesquisadores da Faculdade de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal Fluminense (UFF), em parceria com a Secretaria Estadual de Turismo, chegou à conclusão de que foram injetados R$ 1,8 bilhão na cidade.  O ganho econômico foi 17 vezes maior do que na Copa das Confederações.

Os dados para o estudo foram colhidos entre os dias 23 e 25 de julho, por cinco professores e 20 alunos da UFF. A pesquisa abordou 1.358 peregrinos em Copacabana e na Quinta da Boa Vista. Os resultados apontam que 60% dos peregrinos eram brasileiros. Em média, os gastos diários dos peregrinos brasileiros foram de R$ 49,70, enquanto que os dos estrangeiros alcançaram o valor de R$ 81,30.

 

Para o coordenador do Observatório do Turismo, Osiris Marques, vinculado à faculdade da UFF, o objetivo primordial da pesquisa foi levantar informações relevantes sobre o turismo e o impacto econômico da realização de um megaevento como a JMJ.

 

“Chegamos a conclusões impressionantes. A princípio, não esperávamos que o impacto econômico assumisse tal dimensão. Mas, após a realização da pesquisa, percebemos a magnitude do gasto e o impacto causado na economia como consequência da JMJ, um dos maiores eventos do mundo”, explicou Marques.

 

JMJ Rio2013

Lido 10488 vezes Modificado em Terça, 06 Agosto 2013 15:33

Deixe um comentário